Doença Arterial Obstrutiva Periférica - Dr. Rodrigo Bono Fukushima

Doenças > Doenças Arteriais

Doença Arterial Obstrutiva Periférica

Divisor Artérias

A Doença arterial obstrutiva periférica (DAOP) é caracterizada pelo estreitamento, endurecimento e obstrução das artérias dos membros inferiores. Isto ocorre pelo envelhecimento das artérias e pelo acúmulo de gordura, cálcio ou outros elementos em suas paredes, fazendo com que o fluxo sanguíneo fique prejudicado e podendo causar complicações.

Imagem Doença Arterial Obstrutiva Periférica
 

Causas

A causa mais frequente da doença arterial oclusiva periférica é a aterosclerose, que apesar de ser mais comum nas artérias do coração, também afeta outras regiões do corpo. Quando a área atingida é a dos membros inferiores, essa doença recebe o nome de doença arterial obstrutiva periférica.

Fatores que favorecem a aterosclerose e a obstrução arterial são o tabagismo, diabetes, obesidade, hipertensão arterial, colesterol alto, idade avançada e histórico familiar.

Imagem Doença Arterial Obstrutiva Periférica - Causas

Outras situações menos comuns, como trauma, inflamação, problemas congênitos musculares ou ligamentares e exposição à radiação podem ocasionar obstrução das artérias das extremidades.

Sintomas

Nas fases inicias da doença, os pacientes podem ser assintomáticos ou apresentar sintomas leves, como dor para caminhar. Esta última condição é conhecida como claudicação intermitente.

Os sintomas tendem a se agravar conforme a doença progride. Os sintomas mais frequentes são:

  • Claudicação intermitente
  • Dormência nas extremidades das pernas
  • Fraqueza nas pernas
  • Feridas que não cicatrizam nos dedos, pés ou pernas
  • Mudança na coloração das pernas
  • Perda de pelos
  • Crescimento lento das unhas dos pés
  • Disfunção erétil nos homens

Em estágios avançados, os pacientes podem apresentar dor em repouso nos membros inferiores, por vezes atrapalhando ou impedindo o sono e eventualmente feridas com necrose dos dedos, pés ou pernas.

 

Prevenção

Algumas medidas para prevenir a doença obstrutiva são:

  • Não fumar
  • Pratica regular de exercícios físicos
  • Alimentação balanceada
  • Controle do peso
  • Controle dos níveis de colesterol
  • Controle rigoroso da pressão arterial
  • Controle rigoroso do diabetes
Doença Arterial Obstrutiva Periférica - Prevenção
 

Tratamento

O tratamento da doença obstrutiva arterial periférica irá depender de sua localização, extensão e dos sintomas.

Imagem Estágios da Doença Vascular Periférica
Imagem Angioplastia das Artérias da Perna - Bloqueio da Artéria

Importante lembrar que a doença se deve à aterosclerose, portanto é sempre importante e necessário o controle dos fatores de risco associados à aterosclerose; o uso de medicações específicas e o controle de doenças crônicas, como o diabetes e a hipertensão arterial.

O tratamento cirúrgico é indicado nos casos avançados e naqueles que não respondem ao tratamento clínico. Pode ser realizado com cirurgia aberta ou pela técnica endovascular.

Na técnica aberta, o acesso é realizado por incisões no trajeto das artérias acometidas. O procedimento pode ser realizado com a retirada da placa que está causando a obstrução (endarterectomia) ou pela interposição de uma ponte (by-pass) entre os pontos de obstrução.

Imagem Angioplastia das Artérias da Perna
Imagem Angioplastia das Artérias da Perna - by-pass

Na técnica endovascular, o acesso é realizado pela virilha ou pelo braço, por uma única punção. Por este acesso são inseridos cateteres, fio guias, balões e stents; com visualização de todo o procedimento por radioscopia (semelhante ao raio-X). O procedimento é minimamente invasivo, com recuperação mais rápida e com menor tempo de internação.

Imagem Angioplastia das Artérias da Perna - Balão
Imagem Angioplastia das Artérias da Perna - Stent
Imagem Doença Arterial Obstrutiva Periférica - Tratamento
Imagem Doença Arterial Obstrutiva Periférica - Stent

×
Olá,
Como podemos ajudá-lo?
error: Conteúdo protegido